Os Quatro Maiores Erros Cometidos Pelas Pessoas Com as Suas Senhas de Computador

biggest password mistakes

Todos os dias ons quais os usuários de computador acessam o Facebook, Twitter, a sua conta bancária ou até mesmo o eu e-mail, fica um passo mais perto da devastação se houver um erro repetido e inconsciente sendo cometido com uma senha de computador. Praticamente todos os dias precisam fazer login em algum tipo de site ou serviço em um computador usando uma senha. E é provável que você esteja cometendo vários erros de senha que tornam suas informações pessoais vulneráveis a hackers. O Cyclonis fornece recursos para que os consumidores criptografem, armazenem, organizem e gerenciem dados da conta para facilitar o acesso no mundo atual da Internet. Usuários de computadores de praticamente qualquer nível de experiência podem obter a ajuda necessária para resolver os quatro maiores erros que as pessoas cometem com suas senhas.

Segundo o Digicert, 73% dos usuários de computador têm a mesma senha para vários sites. Além disso, a Digicert afirma que 33% deles usam a mesma senha todas as vezes que acessam um site ou uma conta online. Devido ao mau uso e manuseio de senhas, bilhões de registros on-line são expostos a cada ano, o que leva a níveis sem precedentes de hackers. Não apenas o tratamento de erros comuns de senha reduz a quantidade de hackers na Internet, como também ajuda a garantir que os dados pessoais sejam melhor protegidos e mantidos fora das mãos erradas.

Erros com as senha mais comuns cometidos pelas pessoas

  1. Criando senhas fracas.
    Muitos sites agora exigem letras maiúsculas e minúsculas e uma combinação de números e símbolos. Mas mesmo com esses requisitos, as pessoas geralmente colocam em maiúscula a primeira letra de uma senha e terminam com "123!". Os hackers sofisticados sabem e tiram vantagem da nossa preguiça ao tentar adivinhar quais são as nossas senhas.
  2. Repetindo senhas para vários sites/serviços.
    Então, você dedicou um tempo para criar uma senha que atenda a todos os critérios rigorosos para ser complicada: uma mistura de letras maiúsculas e minúsculas, números e símbolos. Mas você usa exatamente a mesma senha em vários sites. Os hackers sabem que as pessoas provavelmente farão isso. Portanto, tudo o que eles precisam fazer é obter as informações de login e senha de um site e sabem que provavelmente conseguirão acessar vários outros. Simplificando, se sua senha bancária on-line é a mesma que a senha da Netflix, você está querendo problemas.
  3. Mantendo a mesma senha por meses a fio.
    Todo dia que passa com a sua senha sendo a mesma é uma oportunidade adicional para os hackers roubá-la. A solução mais segura e absoluta seria alterar sua senha todos os dias. Mas isso é muito trabalho. Recomendamos alterar suas senhas uma vez a cada 90 dias. Você pode definir lembretes no seu telefone ou computador para fazer isso. Ou muitos gerenciadores de senhas de terceiros, como o Gerenciador de Senhas do Cyclonis, acompanharão por quanto tempo você tem uma senha e lhe lembrarão quando for a hora de mudar.
  4. Confiando no seu navegador da Web para lembrar e armazenar suas senhas.
    Os navegadores mais populares vêm com seu próprio gerenciador de senhas: aquele que armazena e insere automaticamente seu login, senha e até informações de pagamento. Isso pode ser conveniente, mas esse serviço é tão seguro quanto o próprio navegador. Se você procurar no Google "falha de segurança do navegador", você verá incontáveis artigos e atualizações mostrando a frequência com que existem problemas e o quão incansavelmente os hackers tentam explorar esses problemas. O melhor local para armazenar suas senhas é fora do seu navegador da web, usando um gerenciador de senhas confiável. Obviamente, recomendamos o Gerenciador de Senhas do Cyclonis. Mas qualquer que seja o gerenciador de terceiros que você use, procure um que seja criptografado usando "AES-256 no modo GCM". Essa criptografia é usada por governos, instituições financeiras e agências militares em todo o mundo para proteger dados confidenciais.
September 3, 2019

Deixe uma Resposta