Como Se Manter Seguro Quando Estiver Usando as Redes Wi-Fi Grátis

Free Wi-Fi-Networks

Você está em uma filial de uma cadeia internacional de cafés em um shopping sofisticado. Você pede uma bebida descafeinada que contém uma variedade de ingredientes estranhos e exóticos, e a coisa mais importante em sua agenda é conectar-se à Internet e compartilhar com o mundo o tipo exato de bebida que você está consumindo. Nem é preciso dizer que o café tem Wi-Fi grátis, mas antes de partir para a sua farra de hashtagging, você provavelmente deve parar e considerar uma ou duas coisas.

É seguro usar redes Wi-Fi públicas?

Por anos, os especialistas em segurança têm dito que você deve ter cuidado ao usar as redes sem fio gratuitas. Um incidente de alguns meses atrás mostrou que eles não estão apenas soprando ar quente.

Em dezembro de 2017, os clientes de uma filial da Starbucks em Buenos Aires ficaram agradavelmente surpresos quando os seus dispositivos começaram a minerar moedas digitais logo após eles terem se conectado à rede Wi-Fi gratuita do café. Mais tarde, descobriu-se que alguém havia injetado um script de mineração na rede insegura que lhes permitia sequestrar todos os dispositivos conectados a ela.

 

Depois que um dos clientes detectou o problema, ele o compartilhou no Twitter e o script foi imediatamente removido. O dano foi mínimo, mas a rede sem fio insegura poderia ter levado a conseqüências muito mais desastrosas. Se um ransomware tivesse entrado em vez de um minerador de moeda digital, por exemplo, os clientes teriam ficado muito mais injuriados.

As redes Wi-Fi públicas como uma ameaça à privacidade

Ransomware e ataques de mineração aparte, as redes Wi-Fi gratuitas apresentam outro risco. Conectar-se à Internet significa que o seu dispositivo trocará informações com um servidor localizado em um centro de dados a centenas de quilômetros de distância. Antes que as informações possam ir para esse servidor, elas passam pela rede Wi-Fi e pelo roteador. Ele pode incluir credenciais de login, detalhes do cartão de crédito se você estiver comprando on-line, mensagens privadas, etc., e se esses dados não estiverem criptografados, interceptá-los é muito fácil. Se o Wi-Fi estiver protegido por uma senha, as informações que voam entre o dispositivo e o roteador serão criptografadas, mas mesmo isso pode não ser suficiente.

A criptografia da comunicação sem fio entre dispositivos e roteadores começou há algum tempo com o protocolo Wired Equivalent Privacy (WEP). Os hackers rapidamente encontraram uma maneira de quebrá-lo e, em 2003, o WEP foi substituído pelo Wi-Fi Protected Access (WPA), um protocolo mais forte que usa um algoritmo de criptografia mais complexo. Ao longo dos anos, o WPA evoluiu para o WPA2, que foi ainda mais seguro, mas em outubro de 2017, os pesquisadores de segurança   encontraram uma vulnerabilidade  que poderia ter sérias conseqüências. O ataque não é nada fácil, mas se for direcionado a uma rede pública que lida com muitas informações confidenciais, um hacker pode ser motivado o suficiente para testá-lo.

Mas eu realmente quero colocar o meu cappuccino no Instagram?

Como você pode ver, usar a rede sem fio gratuita em um hotel ou um café pode ser arriscado, mas, em alguns casos, ficar offline simplesmente não é uma opção. Aqui estão algumas coisas a considerar quando você precisa se conectar à Internet através de uma rede Wi-Fi gratuita:

  • Deixe as coisas importantes para depois. De modo geral, ler as notícias ou assistir a um vídeo no YouTube não deve ser um problema muito grande porque, na maioria dos casos, você está fazendo isso sem divulgar nenhum tipo de informação confidencial. Se você fizer login no seu portal bancário on-line, no entanto, estará enviando o seu nome de usuário e senha por meio de uma conexão que talvez não seja segura. Isso não é uma coisa sensata a fazer.
  • Desativar o compartilhamento de arquivos. Quando você está conectado à sua rede doméstica, o compartilhamento de arquivos é uma maneira conveniente de mover dados pelos dispositivos. Em um Wi-Fi público, você não quer fazer isso. Se você estiver executando o Windows, abra o Painel de controle e digite "Configurações avançadas de compartilhamento" na barra de pesquisa para encontrar a configuração que desativa o compartilhamento de arquivos. Os usuários de Mac podem fazer o mesmo clicando no ícone Compartilhamento na tela Preferências do Sistema.
  • Use uma VPN. As corporações usam redes privadas virtuais (ou VPNs) para fornecer aos funcionários acesso seguro fora do escritório a recursos valiosos. Se você viaja muito e precisa fazer coisas on-line que envolvem informações confidenciais, faz sentido investir em uma VPN pessoal. Com uma rede privada virtual, você terá certeza de que todos os seus dados são criptografados o tempo todo. Dito isso, descobriu-se que algumas VPNs estão divulgando informações privadas, por isso, se você se comprometer a usar uma, certifique-se de fazer algumas pesquisas. Leia as resenhas, faça a pesquisa e escolha um serviço confiável que seja da confiança de um grande número de pessoas.

Uma rede Wi-Fi gratuita, como praticamente todo o resto conectado à Internet, pode representar certos riscos. Se você está ciente deles, você deve ser capaz de usá-la sem se meter em apuros. Se não está, você pode querer considerar apenas desfrutar do seu café e encontrar outras formas de socialização.

December 10, 2018

Deixe uma Resposta

IMPORTANTE! Para poder prosseguir, você precisa resolver a seguinte conta.
Please leave these two fields as is:
O que é 10 + 8 ?